O dia em que Sorocaba recebeu a volta dos “Pracinhas da Itália”
Associação Comercial de Sorocaba

O fim da guerra, em 8 de maio de 1945, foi muito comemorado em Sorocaba. A volta dos pracinhas, em 5 de agosto daquele ano, ficou marcada como um dos maiores movimentos cívicos já registrados pela cidade.

Depois de quase dois anos na Itália, 239 dias de combate, os “pracinhas” de Sorocaba foram recepcionados por cerca de 15 mil pessoas, na estação da Sorocaba e nas ruas. Era a volta dos filhos e a sensação de alívio pelo fim do conflito armado. Houve apitos de fábricas, buzinas, rojões, participação de todas as bandas e até de aviões do Aeroclube local.

Soldados e povo fizeram um longo desfile a pé pelas ruas da Penha, Álvaro Soares, largo do Mercado, ruas Sete de Setembro, Cel. Benedito Pires, com grande concentração na praça Frei Baraúna, onde teve missa campal, e ainda desfile oficial pela rua São Bento. Dois sorocabanos foram mortos na Itália, Cesário de Aguiar e Antônio Martins de Oliveira. Três pracinhas foram feridos em combate: Afes Cassar, João Spossito Nagerar e Mário Lemos.

A ACIS participou da campanha de envio de produtos pessoais para os 109 “pracinhas” sorocabanos na Itália. Em caixas especiais produzidas pela Madeireira Pacheco, eram também acondicionadas roupas para o frio italiano, levadas por aviões da FAB – Força Aérea Brasileira. Esse trabalho era realizado pela Liga Brasileira de Assistência, cuja sede local ficava na Praça 9 de Julho, sob a presidência de Belarmino Moraes Arruda, também presidente da ACIS. Belarmino Moraes Arruda Filho, então menino, lembra que ajudava a colocar os produtos nas caixas.

Somente em 07 de setembro de 1948 foi inaugurado o obelisco em homenagem aos pracinhas, erguido na praça Frei Baraúna, após campanha realizada pela Sociedade Amigos de Sorocaba, liderada por Álvaro Nunes Pereira.

O obelisco, com o nome gravado dos 109 soldados sorocabanos, fica próximo do prédio do Fórum velho, este inaugurado em 1946 no antigo Jardim dos Bichos, jardim público que foi espaço para inúmeros eventos cívicos ao longo das décadas.

Fotos MHS